Banner 1

 


O Brasil registrou na terça-feira (16) 2.841 mortes pela covid-19 em 24h - um novo recorde. Segundo dados do Ministério da Saúde, foram registrados também 83.926 novos casos da doença, o que aponta para um dos dias com o maior contágio desde o início da pandemia.

Segundo o Ministério da Saúde, desde o início da crise sanitária foram mais de 11,6 milhões de casos confirmados, e 282.127 mortes pelo novo coronavírus.

O país registrou, no período de 24h, uma morte a cada 30,4 segundos. A cada 1,02 segundo, um novo caso foi registrado no Brasil.

Mais cedo, o Congresso em Foco informou que o novo recorde foi de 2.340 vidas perdidas para a doença, com base no balanço do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass).

Porém, o número divulgado pela instituição não considerou o Rio Grande do Sul, que não enviou seus dados até a conclusão do levantamento. O estado registrou, horas depois, um recorde de 502 mortes. Por isso a diferença entre os dados divulgados ao longo desta terça.

Muitos estados estão com os sistemas de saúde em colapso ou próximo da saturação completa de seus sistemas de atendimento. O estado de São Paulo, o mais populoso do país, registrou 679 mortes apenas hoje, o que também foi um recorde. Para evitar o colapso, o estado de Minas Gerais também estabeleceu uma "fase roxa", com toque de recolher após às 20h.

Congresso em Foco



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem