Banner 1


A Polícia Civil prendeu o terceiro envolvido na morte do motorista de aplicativo Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, conhecido como Espanta, de 31 anos.

O crime aconteceu na noite do dia 21 de janeiro. O homem trabalhava como motorista de aplicativo e teria sido morto após reagir a uma tentativa de assalto, na Favela do Fio, em Mossoró.

Antônio Lucas Lobo Maia estava foragido desde o dia 22 de janeiro. Lucas é apontado por Vanderclayton Leandro de Lima e Marcos Vinicius Silva dos Santos, que já estão presos, como o autor do disparo que matou Carlos Júnior.

Segundo informações do Delegado Valtair Camilo, titular da Delegacia de Homicídios de Mossoró, Lucas foi preso na terça-feira, na cidade de Fortaleza/CE.

Uma equipe da delegacia foi até a capital cearense para fazer a escolta do suspeito até Mossoró. Ainda segundo o Dr. Valtair, ele deve chegar à cidade nesta quarta-feira (3).

Vanderclayton e Marcos Vinícius foram presos por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos no dia seguinte ao crime. Eles estavam com o carro e os perteces que haviam sido roubados da vítima.

Já Lucas, que era monitorado por tornozeleira eletrônica, quebrou o equipamento e fugiu. Ele chegou a ser procurado até na cidade de Icapuí, também no Ceará.

Graças ao trabalho conjunto entre policiais da DHM, Denarc e a Coordenadoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Ceará e do COTAM-PMCE, Lucas foi localizado nesta terça-feira (2).

Ao chegar em Mossoró, o suspeito será ouvido pelo delegado Valtair, autuado e encaminhado para a cadeia pública, onde ficará à disposição da justiça.

Mossoró Hoje



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem