Banner 1

 

O juiz Vagnos Kelly, da Justiça Eleitoral em Mossoró, decidiu por aprovar as contas de campanha do prefeito Allyson Bezerra, do Solidariedade, e de Fernandinho das Paderias, do PSD. A sentença foi assinada na quinta-feira, 11.

Clique AQUI para ler a sentença.

A coligação liderada pela ex-prefeita Rosalba Ciarlini, derrotada nas urnas no dia 15 de novembro, havia acionado a Justiça Eleitoral questionando a prestação de contas do então candidato Allyson Bezerra e seu candidato a vice prefeito Fernandinho.

Na denúncia formulada pelos advogados de Rosalba Ciarlini, havia questionamentos sobre as contas.

Num primeiro momento, o corpo técnico do Tribunal Regional Eleitoral reconheceu que havia inconsistências na prestação de contas de Allyson Bezerra e Fernandinho.

Entretanto, após apresentação da documentação complementar, o corpo técnico do Tribunal Regional Eleitoral emitiu parecer pela aprovação das constas de Allyson e Fernandinho. Diante da informação técnica, o Ministério Público Eleitoral também pugnou pela aprovação.

Restou ao juiz Vagnos Kelly sentenciar pela aprovação das contas, com pequenas ressalvas. Os advogados da coligação de Rosalba Ciarlini questionaram até a compra de um galão para transportar gasolina no valor de R$ 19,90. Esta foi apenas uma entre muitas alegações.

Em contato com o Portal Mossoró Hoje, o prefeito Allyson Bezerra disse que já esperava a decisão, pois nutre confiança no Poder Judiciário. Acrescentou continua dedicado dia e noite para reerguer Mossoró dos escombros deixados ex-gestores de Mossoró ao longo de décadas.

Allyson Bezerra estava fazendo referência aos problemas estruturais graves encontrados em todos os setores da administração pública Municipal e um rombo de quase R$ 1 bilhão nas contas públicas do município.

Mossoró Hoje


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem