Banner 1

 


Do Blog do Barreto

A disputa pela presidência da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM/RN) caminha para ser judicializada após o indeferimento da chapa encabeçada por Paulinho Freire (PSDB).

É que o presidente da Câmara Municipal de Natal tinha como integrantes em sua chapa os legislativos de Ielmo Marinho e São Tomé que foram apontadas como inadimplentes pela Comissão Eleitoral.

Paulinho Freire ainda tentou substituir pelos representantes das Câmaras Municipais de Bento Fernandes e Luís Gomes, mas seu requerimento foi rejeitado pela Comissão Eleitoral sob o argumento de esta mudança não ter amparo no estatuto da FECAM.

O presidente da Câmara de Natal registrou chapa em 2 de fevereiro e aliados dele que mantiveram contato com o Blog do Barreto explicaram que houve tempo suficiente para a Comissão Eleitoral informar sobre a situação dos representantes de Ielmo Marinho e São Tomé. “De lá pra cá, nenhuma diligência, nenhuma irregularidade apontada. Tempo teve sobrando”, alegou a fonte.

Por existir nos bastidores a sensação de que houve uma manobra para tirar Paulinho Freire do páreo a tendência é de que a disputa pela presidência da FECAM/RN seja judicializada.

Paulinho reunia mais de 100 votos.

Neste momento o presidente da Câmara Municipal de Mossoró Lawrence Amorim (SD) é candidato único. Ele havia desistido da disputa e na semana passada mudou de ideia e voltou a ser candidato.




Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem