Banner 1

Vitória pela diferença mínima sai graças ao gol polêmico de Pavard. Time alemão fatura todos os títulos relativos a 2020 e iguala façanha do Barcelona de 2009


Bayern, campeão de tudo

O Bayern de Munique não jogou tudo o que sabe, mas levou tudo o que pôde. O Gigante da Baviera venceu o Tigres nesta quinta-feira, por 1 a 0, e conquistou o Mundial de Clubes de 2020, no Estádio Cidade da Educação, em Doha, no Catar. Gol de Pavard, aos 13 minutos do segundo tempo, em lance quesitonável. Foi o sexto título do time dentro do mesmo ano - antes, havia faturado o Campeonato Alemão, a Copa da Alemanha, a Liga dos Campeões, a Supercopa da Alemanha e a Supercopa da Europa. Já a equipe mexicana se despede do torneio com um segundo lugar honroso.


Bayern de Munique conquista o Mundial de Cubes de 2020 (Foto: Getty Images)


Para a história!

Com essa conquista do Mundial de Clubes, o Bayern de Munique iguala o feito do Barcelona de 2009, que também venceu todas as seis competições que disputou naquele ano. Esse foi o quarto título mundial do Bayern, que já havia sido campeão em 1976, 2001 e 2013. 


Gol questionável

O gol da vitória do Bayern sobre o Tigres foi marcado pelo lateral-direito Pavard, aos 13 minutos do segundo tempo. Segundo o comentarista de arbitragem Paulo César de Oliveira, o gol não deveria ter sido validado. Não pelo possível impedimento de Lewandowski (que foi checado), mas pelo toque do polonês com o braço na bola, na hora da disputa com Guzmán. Pavard aproveitou a sobra.


Lewandowski disputa no alto a bola com o goleiro Guzmán (Foto: Getty Images)


Os melhores do torneio

O atacante Robert Lewandowski foi eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes de 2020. Ele marcou dois gols no torneio. Em segundo lugar ficou o centroavante Gignac, do Tigres, artilheiro da competição com três gols. A bola de bronze ficou com o volante Kimmich, também do Bayern de Munique.


Kimmich, Lewandowski e Gignac: os três melhores do Mundial de 2020 (Foto: Getty Images)


Diferente, mas igual

Mesmo sem poder contar com Jerôme Boateng, Leon Goretzka e Thomas Müller, o Bayern de Munique dominou o jogo contra o Tigres. Foram 19 finalizações ao todo, sendo nove no alvo. Já a equipe mexicana teve apenas três conclusões, com só uma indo na meta adversária. Na finalíssima, destaque para as atuações de Alaba e Davies.


Foto oficial posada do Bayern de Munique campeão do Mundial de Clubes de 2020 (Foto: Getty Images) 


*Globo Esporte

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem