Banner 1

 


Um corpo com marcas de tiros encontrado no final da tarde de sábado, 6, na Vila Guanabara, no município de Serra do Mel pode ser de um dos assaltantes que matou o agricultor Antônio Damião Galdino, de 57 anos, quarta-feira, dia 3, na Vila Paraná.

A equipe de Policias Militares comandada pelo sargento PM Alex Oliveira, da Serra do Mel, foi acionada por colonos informando que havia um corpo em um dos lotes da Vila Guanabara. Já havia a suspeita de que seria um dos assaltantes que havia matado Damião Galdino.

Após a tentativa de assalto que resultou com a morte Galdino, o sargento Alex Oliveira havia localizado e prendido um dos 4 membros da quadrilha. Ricardo José de Santana Junior, residente no Bom Jesus, foi preso e disse aos policiais os nomes dos comparsas.

Na ocasião do ataque, um dos assaltantes havia sido baleado pela vítima. Ricardo José alegou que era só o motorista do carro, que havia sido tomado de assalto em Mossoró. Os quatro bandidos abandonaram o carro e fugiram a pé por dentro das vilas na Serra do Mel.

Ricardo foi preso na manhã seguinte e os demais não foram encontrados. Na tarde de sábado, um colono da Serra do Mel encontrou um corpo. No local, já foi possível os policiais identificarem que se tratava do assaltante André da Silva Rodrigues, o Ferrugem.

Ferrugem, que é preso de justiça usando tornozeleira, reside na região do Nova Vida, região Leste de Mossoró. O delegado Antônio Teixeira Junior, que fez o trabalho inicial de investigação no local, acredita que ele faça parte da quadrilha que matou Galdino.

O corpo foi removido para exames na sede do ITEP, em Mossoró. Os policiais da Divisão de Homicídios de Mossoró vão continuar os trabalhos para localizar e prender os outros dois assaltantes que, segundo Ricardo José, mataram o agricultor Damião Galdino.

Mossoró Hoje



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem