Banner 1

 

O Portal da Transparência do governo federal ficou fora do ar na manhã de 4ª feira (26.jan.2021) após a repercussão de reportagem do jornal Metrópoles sobre os gastos do Poder Executivo com alimentação.

O site é mantido pela CGU (Controladoria Geral da União). Procurada pelo Poder360, a pasta não informou qual o motivo de o portal não ter saído do ar.

De acordo com levantamento do Metrópoles, o governo gastou mais de R$ 15 milhões em leite condensado, R$ 16,5 milhões em batata frita, R$ 13,4 milhões em barras de cereais e outros R$ 12,4 milhões em ervilha em conserva. O tema foi um dos principais assuntos nas redes sociais na 3ª (26.jan).

O Portal de Compras, onde os dados sobre as compras públicas que deram origem à reportagem são detalhados, está instável, mas segue disponível para consultas. Responsável pelo site, o Ministério da Economia também não respondeu ao Poder360 qual a razão da instabilidade.

O senador Alessandro Vieira (Rede-SE) e os deputados Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES) pediram ao TCU (Tribunal de Contas da União) para apurar possíveis irregularidades nas compras.

Poder 360


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem