Banner 1

 


Morreu o prefeito de Goiânia (GO), Maguito Vilela (MDB), por complicações da covid-19. Ele tinha 71 anos e estava internado há 81 dias, desde outubro, na UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Em agosto deste ano, Maguito perdeu duas de suas irmãs por causa do coronavírus.

A morte do político foi confirmada pela sua equipe na madrugada desta 4ª feira (13.jan.2021). O corpo será enterrado no município de Jataí (GO), onde Maguito nasceu.

Vilela foi diagnosticado com covid-19 em 20 de outubro, 1 mês antes do 1º turno das eleições municipais. Foi internado 2 dias depois e transferido para São Paulo com 75% da capacidade dos pulmões comprometida.

No período em que ficou internado, o prefeito foi entubado duas vezes e passou por uma cirurgia por conta de uma hemorragia nos pulmões.

Eleito em 2º turno com mais de 52% dos votos válidos em Goiânia, Maguito só soube da vitória dias depois. Tomou posse no dia 1º de janeiro, no hospital. Desde então, estava licenciado do cargo.

Maguito era uma figura tradicional da política goiana. Governou o Estado de 1995 a 1998.

O vice da chapa do emebista, Rogério Cruz (Republicanos), assumirá a prefeitura da capital do Goiás.

Maguito já havia perdido duas irmãs por complicações da covid-19. Nelma Vilela Veloso, de 76 anos, morreu no dia 19 de agosto. Ela tinha diabetes e problemas pulmonares. No dia 28 do mesmo mês, outra irmã, Nelita Vilela, de 82 anos, também morreu depois de ficar duas semanas internada por complicações da doença causada pelo coronavírus.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem