Banner 1


A direção do Hospital Veterinário da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Hovet) abre, nesta sexta-feira (8), o agendamento para consulta de cães e gatos. Já as atividades da unidade hospitalar, serão retomadas a partir da próxima segunda-feira (11).

O agendamento de consultas será feito exclusivamente por telefone através do número: (84) 3317-8310. Semanalmente serão marcadas 30 consultas, sendo 6 atendimentos diários.

A linha para marcação da consulta será liberada a partir das 8h, sendo bloqueada ao completar o quantitativo estipulado de 30 consultas.

“Cada pessoa poderá levar apenas um animal”, frisou o diretor do Hovet, o médico veterinário Klívio Tomaz. Nesse primeiro momento o Hovet irá funcionar em horário corrido das 7 às 13h.

O diretor frisa ainda que não adianta se dirigir ao hospital sem que a consulta esteja marcada. “Para um maior controle será necessário que o proprietário do animal informe no ato do agendamento o número de um documento de identificação (RG ou CPF)”, complementou Klívio.

Esse atendimento agendado é exclusivo para cães e gatos. Já animais de grande porte e/ou animais silvestres não há necessidade de agendar.

Outro ponto a ser ressaltado é que os agendamentos serão feitos sempre nas sextas-feiras, para o atendimento na semana subsequente. O médico veterinário ressalta ainda que o Hovet não faz castração eletiva de animais.

A decisão para a abertura foi tomada pela reitora, professora Ludimilla Oliveira, após reunião realizada no mês passado com a equipe do Hospital Veterinário da Ufersa.

“A Universidade continuará com o ensino remoto, embora, em alguns momentos, devemos utilizar o sistema híbrido para não prejudicar os estudantes, como é o caso do hospital veterinário”, justificou.

PREPARAÇÃO

Para o retorno das atividades do Hovet a Universidade, por meio da Reitoria e da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, tomou todas as providências para a retomada das atividades de forma gradual e segura.

“Todos os profissionais que vão atender no Hospital Veterinário a partir do dia 11 de janeiro testaram negativo contra o Covid-19”, afirmou médico veterinário, João Marcelo, integrante da Comissão Especial de Emergência do Covid-19.

Além disso, a equipe participou de capacitações virtuais e durante essa semana estão realizando treinamento prático.

O atendimento vai seguir todas as normas estabelecidas no Protocolo de Biossegurança instituído pela Ufersa. O uso de máscara será obrigatório em todas as dependências, bem como o distanciamento de no mínimo 1,5 metro entre as pessoas.

A temperatura será aferida e a higienização das mãos com álcool em gel 70%. O produto estará disponível no totem com pedaleira.

Com a normatização não serão permitidas crianças, idosos, gestantes e pacientes crônicos nas dependências do hospital. Os internamentos só com encaminhamento após a consulta do animal.

Outra recomendação é para que os tutores dos animais aguardem na área externa do hospital antes e durante a consulta. Portanto, obrigatoriamente, não será permitida a presença deles dentro do hospital.

Os animais só terão acesso às dependências do hospital com focinheiras e/ou caixa de transporte e, por último, caso não seja possível à realização das medidas de biossegurança, o animal será encaminhado para atendimento privado.

Mossoró Hoje


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem