Banner 1

 


No último dia de mandado, a prefeita Rosalba Ciarlini não repassou nem 50% dos documentos solicitados pelo prefeito eleito e diplomado Allyson Bezerra, em novembro.

E assim mesmo, os documentos que a equipe de transição teve acesso, já eram públicos. Facilmente poderiam ser conseguidos através da internet.

A informação foi confirmada pelo advogado Raul Santos, coordenador da equipe de transição de Allyson Bezerra. Os fatos já foram comunicados a Justiça. 

A equipe de transição já acionou a Justiça, que por sua vez determinou que os documentos fossem entregues em 72 horas.

Segundo o advogado Raul Santos, a ausência das informações solicitadas prejudicou o planejamento para o início da gestão do exercício de 2021 de Allyson Bezerra. 

Raul Santos diz que a tática para prejudicar o início da gestão Allyson, adotada por Rosalba Ciarlini, “é ultrapassada, típica de quem não tem zelo pela coisa pública”.

“Eles acham que com isto vão conseguir atrapalhar a próxima gestão”, diz o advogado, que vai assumir a pasta de Procuradoria Geral do Município nos próximos 4 anos.

Equipe de transição de Rosalba “fura” reunião e não entrega documentos

Estava agendada para a quarta-feira (30) a última reunião entre as equipes de transição do prefeito eleito e diplomado, Allyson Bezerra, e da prefeita Rosalba Cirlini, para entrega dos documentos que faltam para transição entre as gestões.

A reunião aconteceria às 14h, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, localizada na Rua Ruy Barbosa, no Centro, porém a equipe da prefeita “furou” a reunião. Ninguém compareceu para entregar os 50% da documentação que está faltando, ou deu qualquer explicação sobre a ausência.

Da equipe de Allyson compareceram à reunião Raul Santos (coordenador), Claudembergh Dantas, Franklin Filgueira, Humberto Fernandes do Rego, Ivo Franklin Bezerra, Luana Lorena Lima, Paulo Linhares e Carolyne Souza.

Já da equipe de Rosalba, deveriam ter comparecido José Anselmo (coordenador), Aldo Fernandes, Jacqueline Amaral, Karina Vasconcelos, Maria de Fátima Marques e Pedro Almeida Duarte.

“Nada mais havendo a ser discutido, os coordenadores de transição deram por encerrada a reunião. E eu, Carolyne Oliveira Souza, Secretária Executiva da equipe de transição do prefeito eleito, lavrei a presente ata que será assinada por mim, pelos coordenadores de transição e pelos demais membros, e sua aprovação se dá mediante sua assinatura, nesta data. Mossoró/RN, 30/12/2020”, consta na ata de presença.

Diante da situação, os advogados da equipe de transição do prefeito eleito afirmaram que irão acionar, mais uma vez, a justiça e solicitar aplicação de multa no valor de R$ 10 mil por cada dia que os documentos não forem entregues.

Mossoró Hoje




Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem