Banner 1

 

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Saúde Pública, publicou uma portaria requerendo a seção do prédio, bem como dos equipamentos contidos nele, do Hospital São Luiz, na cidade de Mossoró.

A unidade vem sendo utilizada como Hospital de Campanha para atendimento às vítimas da Covid-19 da cidade e também de cidades da região.

Atualmente, o Hospital São Luiz conta com um total de 70 leitos, sendo 40 leitos de UTI Covid e 30 leitos de enfermaria.

O HCSL é administrado pela Associação de Proteção à Maternidade e Infância de Mossoró (APAMIM), por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmando junto ao Governo do Estado, Prefeitura de Mossoró e Ministério Público do RN.

Ainda de acordo com a portaria publicada no DOE, a solicitação para continuar a utilização do hospital se dá devido a “necessidade de manter um serviço de saúde especializado e concentrado para proporcionar maior controle e manejo adequado de casos suspeitos e confirmados de Covid-19”.

O HCSL entrou em funcionamento para atendimento à pacientes com Covid-19 no dia 1º de maio deste ano, sendo implantando dentro do Plano de Contingência de combate ao novo coronavírus, do Governo do RN.

Inicialmente, foram abertos 28 leitos, sendo 10 leitos de UTI e 15 leitos clínicos. Na mesma data, o Hospital recebeu seu primeiro paciente, transferido do Hospital Maternidade Almeida Castro, também administrado pela APAMIM.

Mossoró Hoje


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem