Banner 1

 


A primeira ocorrência foi por volta das 11h de sábado, 05 de dezembro de 2020, na Rua Atirador Antônio Miguel S Neto, bairro Aeroporto em Mossoró. 

Um homem identificado como Leonardo Barbosa Rodrigues, 24 anos, natural de Russas no estado do Ceará,  foi executado com vários tiros dentro de sua residência. Segundo a PM a vítima estava em casa quando foi chamada e quando abriu o portão foi alvejado e morto.

Informações da PM são de que a vítima estava morando na residência há poucos dias. Na casa a polícia encontrou maconha e cocaína. A mulher da vítima foi conduzida a Delegacia de Plantão.

 Por volta das 18h do mesmo dia, na Rua Seis de Janeiro no Bairro Santo Antônio, um jovem de 26 anos de idade, identificado como Francisco Alisson Miranda Florêncio, foi morto em via pública com mais de 20 tiros de pistolas calibres ponto 40 e 380. Segundo informações colhidas no local pela Polícia Civil, a vítima tinha acabado de chegar em um campo de futebol para bater um racha quando foi surpreendida pelos atiradores.

A Polícia não sabe em que tipo de transporte estavam os atiradores, já que no local impera a lei do silêncio. 

Francisco Alisson já havia sofrido um atentado a bala em maio desse ano, no Conjunto Parque das Rosas do Santa Delmira. Ele chegou a ser baleado e foi socorrido pelo SAMU para o Hospital Tarcísio e sobreviveu.

Ainda no sábado, no final da noite, por volta das 23h30, na Rua Maria da Costa Dantas, Quadra 18 no Conjunto Maria Odete Rosado, Jackson Ferreira dos Santos, 26 anos de idade, trabalhava como auxiliar de padaria, foi assassinado com vários tiros de escopeta calibre 12 e pistola 380. Segundo informações repassadas pela polícia, cerca de oito criminosos arrombaram o portão de entrada, invadiram a residência e executaram a vítima que dormia sozinha em casa. Ainda de acordo com a Polícia, os criminosos, antes de matarem Jackson Ferreira, invadiram uma outra casa e promoveram um arrastão, levando vários objetos.

Após a ação criminosa, os elementos, foram à casa de Jackson, a cerca de 30 metros de distância da residência onde promoveram o arrastão, e o executaram. Após o crime fugiram do local atirando para o alto. Até o momento não há informações sobre motivação e autores do assassinato. A Polícia informou que Jackson Ferreira não tinha passagem por delegacias, mas recebeu informações de pessoas ligadas à família de que ele, depois que foi morar naquele  conjunto, se envolveu com uso de entorpecentes, inclusive a perícia encontrou uma pequena porção de cocaína no interior da residência.

Com o assassinato de Jackson Ferreira dos Santos, Mossoró chega 176 homicídio em 2020 e o terceiro no mês de dezembro.

Com informações do Blog Fim da Linha


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem