Banner 1

 


O juiz Diego Paes Moreira, da 6ª Vara Federal de São Paulo, determinou nesta semana o arquivamento da investigação aberta contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu filho Luis Claudio Lula da Silva a partir da delação premiada de Alexandrino Alencar, executivo da Odebrecht, e de Emílio Odebrecht e onde os delatores falaram supostos "aportes" à empresa Touchdown, do filho de Lula.

O Judiciário entendeu que não estariam configurados os crimes de tráfico de influência e lavagem de dinheiro porque Lula, na época dos fatos, não ocupava cargo público.

É a sétima investigação contra Lula que é encerrada por falta de provas. O ex-presidente foi condenado apenas em processos abertos na Operação Lava Jato de Curitiba, conduzidos pelo então juiz Sergio Moro.

O Supremo Tribunal Federal ainda analisará a suspeição de Moro e poderá anular essas condenações.

Coluna Radar e Brasil 247 


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem