Banner 1


Os jogadores do Paris Saint-Germain (FRA) e do Istanbul Basaksehir (TUR) abandonaram, na 3ª feira (8.dez.2020), o campo durante um jogo válido pela Liga dos Campeões depois do 4º árbitro romeno Sebastian Colţescu supostamente ter proferido ofensas racistas contra o Pierre Webó, camaronês membro da comissão técnica da equipe turca. A partida foi suspensa.

O episódio aconteceu ainda no 1º tempo do jogo realizado no Parc des Princes, estádio do PSG, em Paris. O 4º árbitro teria se referido a Webó como “aquele negro”. Demba Ba, atacante do Istanbul que estava no banco, ouviu o que ele disse, foi em direção a Colţescu e protestou.

“Quando você fala de um homem branco, você nunca diz ‘aquele cara branco’, você diz ‘aquele cara’. Então por que você…me escute! Por que quando você menciona um homem negro você diz “aquele negro ali?”, disse Demba Ba.

Durante a partida, Neymar Jr e Kylian Mbappé, jogadores do PSG, disseram que não voltariam a jogar se Colţescu seguisse em campo.

Em postagem no Twitter, o Istanbul Basaksehir pede “não ao racismo”. O time francês compartilhou a publicação.

O jogo era o último programado na carreira internacional do 4º árbitro. A federação romena já havia anunciado sua saída dos quadros da Fifa e da Uefa.

Poder 360


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem