Banner 1


Na nota, enviada na quarta-feira (09), Rosalba afirma se queixa de desrespeito a pessoas com vidas sérias e honradas e disse que o MPF propagou a notícia “para gerar consequências antes de algum pronunciamento ou análise da Justiça com o devido contraditório constitucional e informações que provarão a total inocência de quem não tem culpa alguma”.

Leia também:

MPF denuncia Rosalba e mais 9 por desvio de R$ 16 milhões da Arena das Dunas

A prefeita disse ainda que irá provar sua inocência, bem como a de seu esposo, e que a obra da Arena das Dunas foi aprovada e fiscalizada pelo Tribunal de Contas da União e pelo Ministério Público Federal.

Confira a nota na íntegra:

1- Já se tornou um dito popular, que uma mera suposição ou fala seja ela irreal ou surreal, jamais será prova, isso porque o estardalhaço de comportamentos que buscam os holofotes já se tornaram comuns contra aqueles que lutam na vida pública.

Está havendo uma primária falta de respeito a pessoas com vidas sérias e honradas.

Estamos lendo na imprensa a denúncia que o Ministério Público informa ter feito contra muitos pela construção da Arena das Dunas, inclusive incluindo os nossos nomes.

Adota  o repetido estilo clássico de propagar a notícia para gerar consequências  antes de algum pronunciamento ou análise da Justiça com o devido contraditório constitucional e informações que provarão  a total inocência de quem não tem culpa alguma.

2- Rosalba Ciarlini precisou voltar a trabalhar como médica na rede pública e dar plantões na rede particular 2 dias após sair do governo do estado e tem orgulho disso. 

3- Vamos provar a verdade, logo adiantando que a obra da Arena das Dunas foi aprovada e fiscalizada pelo Tribunal de Contas da  União e pelo Ministério Público Federal, este representado pelo Sr. Dr. Rodrigo Teles, MD. Procurador da República, além doutras autoridades institucionalizadas.

Natal/RN, 09 de dezembro de 2020.

Rosalba Ciarlini

Carlos Augusto Rosado


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem