Banner 1

 

Com avanço 2,3% no volume de vendas do varejo, o Rio Grande do Norte teve o quinto maior crescimento do Brasil no mês de outubro, segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), do IBGE. Na comparação com outubro de 2019, o crescimento do estado ainda foi maior, com 5,5%.

No comércio varejista, os resultados do mês de outubro para o estado potiguar e Paraíba (2,3%) foram superados apenas por Bahia (3,5%), Piauí (3,1%), Mato Grosso (2,9%) e Distrito Federal (2,5%).

O crescimento médio do comércio varejista no Brasil foi de 0,9%. No total, 22 unidades da federação tiveram resultados positivos no mês.

No varejo ampliado, a alta de 2,7% no volume de vendas fez o Rio Grande do Norte figurar entre os quatro maiores crescimentos das unidades da federação. Somente Paraíba (3,6%), Rio de Janeiro (2,9%) e São Paulo (2,8%) tiveram resultados maiores em outubro.

O varejo ampliado é composto pelos segmentos do varejo acrescido da venda de “veículos, motocicletas, partes e peças” e “material de construção”.

Serviços

Apesar do crescimento, o volume serviços ainda acumula perdas proporcionais maiores que o comércio. O estado registrou crescimento de 3,4% em outubro frente a setembro, um dos maiores entre as unidades da federação e, portanto, acima da média do Brasil (1,7%).

Porém, enquanto o varejo acumula perda de 4,1% de janeiro a outubro de 2020, os serviços tiveram retração de 16,5%. Os serviços também apresenta números negativos na comparação com outubro de 2019 (12,5%) e no acumulado dos últimos 12 meses (13,1%).

G1/RN



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem