Banner 1

 

O governo de São Paulo e o Instituto Butantan vão divulgar em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (23), às 16 horas, os resultados da fase três de testes da vacina Coronavac. Devem participar da coletiva o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, e o secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu, nesta semana, a certificação de boas práticas de fabricação ao laboratório chinês Sinovac. O documento é um dos pré-requisitos para o registro da vacina no Brasil. Uma equipe técnica da Anvisa visitou a fábrica produtora do imunizante na China.

A Coronavac tem sido alvo de disputa política entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador paulista, João Doria (PSDB). Bolsonaro chegou a apelidar o imunizante de "vacina chinesa do Doria". . Recentemente, o jornal Folha de São Paulo divulgou que o laboratório Sinovac Biotech autorizou que o governo de São Paulo batize o imunizante de "vacina do Brasil" ou "vacina do Butantan", com o objetivo de romper a resistência da população.

Congresso em Foco


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem