Banner 1

 


A Prefeitura de Mossoró realizou na manhã de sábado (5), ao lado do Museu Histórico Lauro da Escóssia, mais uma testagem para investigação do novo coronavírus. A ação teve início às 7h, seguindo até às 11h, e foi aberta à população em geral, precisando apenas apresentar o CPF, com um documento oficial com foto. Dos 1.056 testados, 981 apresentaram resultado negativo, enquanto 75 (IgG) já tiveram a doença e agora estão com anticorpos. Apenas 1 (IgM) dos testes apresentou resultado positivo, indicando que está com a doença.

O resultado positivo foi encaminhado à consulta com médico em um dos centros de combate à COVID-19. “Quanto mais testamos, mais podemos prevenir os que estão tendo resultado positivo. Mantenham o cuidado, usando máscara e realizando a higienização das mãos. Mantenha o distancionamento para evitar a propagação do vírus. Já determinamos também o aumento dos leitos de UTI como uma medida de prevenção”, alertou a prefeita Rosalba Ciarlini.

A Secretária de Saúde, Saudade Azevedo, explicou que este foi o último drive realizado pelo município neste ano. “Foi um drive extremamente necessário, em um momento onde os números de casos tem aumentado, além de internações. A taxa de ocupação já beira os 80%, então acendemos a luz de alerta e de preocupação”, explicando também que a fiscalização deve ser endurecida nos próximos dias.

“Esse aumento tem tudo a ver com o comportamento da população, que quis sair e ir as ruas. O poder público entendeu naquele momento que era seguro a abertura do comércio, bares e restaurantes, mas as pessoas perderam o compromisso. A ideia é endurecer as fiscalizações neste primeiro momento”, finalizou.

A rota para entrar no drive de testagem iniciou pela Avenida Dr. Almir de Almeida Castro (rua do Parque Municipal) e seguiu pela Rua Maria Ferreira de Azevedo até chegar ao local de testagem. Maria Josélia de Souza chegou cedo para realizar o teste. “A organização está de parabéns. Deu tudo certo, fui muito bem atendida. Até hoje estou tomando todos os cuidados necessários”, disse.

Marlene Pereira, de 65 anos, é do grupo de risco e aproveitou o drive para realizar o teste. “Fui bem atendida. Sou do grupo de risco e por isso estou tomando todos os cuidados necessários”, falou.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem