Banner 1

 

Quatro estudantes de escolas públicas do Rio Grande do Norte vão disputar um campeonato nacional de poesia e performance no próximo domingo (13), o Slam Interescolar Nacional.

São três representantes de Mossoró e um de Natal neste evento nacional, que acontecerá de modo online e poderá ser acompanhado no Youtube do Slam da Guilhermina, a partir das 15h.

Na categoria ensino fundamental II, irão participar as estudantes Maria Clara, conhecida como “Rinkashikika”, e Clara Itauanna, ambas são alunas da Escola Estadual 30 de Setembro, de Mossoró.

Na categoria ensino médio, Jongozú da Escola Estadual Moreira Dias, de Mossoró, e Bagdá da Escola Estadual Nestor Lima, de Natal, são os representantes do Rio Grande do Norte.

O poetry slam (batalha de poesia) é um gênero literário de poesia e performance em constante crescimento no Rio Grande do Norte, em que poetas, geralmente de periferias, têm realizado eventos em auditórios, teatros, praças, escolas e universidades, como também participado de publicações de livros.

Essa é a primeira vez que o Rio Grande do Norte integra o circuito nacional de âmbito escolar. O Slam Interescolar Nacional geralmente acontece em modo presencial, na cidade de São Paulo, mas dessa vez irá ocorrer de modo online, devido à pandemia da Covid-19.

O endereço para acompanhar o evento nacional é www.youtube.com/slamdaguilhermina. A disputa do ensino fundamental ocorre às 15h e do ensino médio às 17h.

As alunas do ensino fundamental II conheceram o Slam no ano passado, quando participaram de uma gincana de poesia, que gerou o livro coletivo “A Descoberta do Corde”l, coordenado pela professora de literatura, Samara Galvão.

Nesta semana, participaram de oficinas e de uma seletiva estadual, sob coordenação do fundador do Slam Mossoró e Slam RN, Carlos Guerra Júnior, o Mossoró RAPentista.

Os representantes do ensino médio já possuem experiência no campo da arte, tanto no slam, como na música rap.

Bagdá é participante ativo do Slam Rima Centra 084 em Natal e disputou as finais do Slam RN aberto em 2019 e 2020, além de possuir várias músicas de rap gravadas e já ter realizado vários shows de rap. Ele inclusive integra o projeto Barras Maning Arretadas, com rappers de 28 países.

Já Jongozú lançou recentemente o EP Afropotyguar, em parceria com o seu irmão @vittopoeta. O trabalho mescla as raízes culturais africanas e potiguares para formar a música rap.

Além disso, Jongozú disputou a competição interestadual de poesia Slam do Conhecimento e é participante ativo na gincana de poesias da escola onde estuda, o Moreira Dias.

Mossoró Hoje


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem