Banner 1

 


A Rússia anunciou nesta terça-feira (24) que a sua vacina Sputnik V contra o coronavírus tem uma eficácia de 95%, segundo resultados preliminares. O país fez referência ao imunizante desenvolvida pelo Centro Nacional de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya em Moscovo. 

De acordo com a agência Reuters, o governo russo informou que vai cobrar menos por sua vacina Sputnik V, contra a Covid-19, do que suas rivais e Moscou pretende produzir mais de 1 bilhão de doses dentro e fora do país no próximo ano.

Moscou tem sido criticada por cientistas ocidentais que acusam a Rússia de buscar atalhos em um esforço para acelerar a vacina Sputnik V, o que a Rússia nega.

Estabelecer um preço menor do que o de rivais pode ajudar a Rússia a obter uma parcela do mercado.

No Brasil, o vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz, Marco Krieger, afirmou que o cronograma estimado pela fundação prevê a produção de 130 milhões.

Brasil 247


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem