Banner 1

 

Os investidores têm diversas oportunidades disponíveis no mercado para seus aportes – tanto na renda fixa quanto na renda variável. No passado, os juros no Brasil estavam em patamares mais altos e era possível ter retornos mais elevados com aplicações de renda fixa.

Com o tempo, a taxa de juros foi diminuindo e algumas pessoas passaram a afirmar que a renda fixa deixou de valer a pena. Será? É muito importante ter em mente que nem tudo nos investimentos se refere à possibilidade de retorno.

Vantagens, como segurança e liquidez, são mais difíceis de encontrar na renda variável. Então, confira informações sobre o assunto e veja quatro motivos para investir na renda fixa!

O que é a renda fixa?

Novos investidores ou interessados no assunto podem não entender ainda as especificidades dos tipos de investimento. Mas a lista de produtos de renda fixa é extensa.

Há produtos simples e mais conhecidos, como a poupança e produtos de emissão bancária, como CDB e RDB, LCI e LCA. No Sicredi, você pode investir no RDC (Registro de Depósito Cooperativo), muito semelhante aos CDBs dos bancos. Cada aplicação tem um prazo determinado e, na data combinada, o investidor recebe o valor que investiu acrescido da rentabilidade prevista na contratação.

Como você pode ver, funciona como um empréstimo. Mas, ao invés de a pessoa solicitar o crédito e pagar juros à instituição, ela faz o oposto: empresta seu próprio dinheiro. Então, a emissora do título pode utilizá-lo para realizar suas atividades.

Renda Fixa no Sicredi

Somos a primeira instituição financeira cooperativa do Brasil. Isso significa que, quando você investe com a gente, seu dinheiro permanece na região, pois acaba fomentando as operações de crédito comercial (como cartão de crédito, financiamento de automóvel, capital de giro para empresas, empréstimos e cheque especial). E você pode ainda ter rendimentos conforme os resultados da sua cooperativa.

E mais: estamos sempre ao seu lado com a nossa solidez e segurança. Além de oferecer diversas oportunidades de produtos, nos quais você escolhe o melhor prazo, conforme o seu objetivo. Temos mais de 115 anos de mercado e aqui o seu investimento em Renda Fixa conta com a garantia do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop), mais uma segurança para você.

4 motivos para investir na renda fixa

Agora que você sabe como funciona a renda fixa, confira quatro dos principais motivos pelos quais vale a pena investir nela!

1. Segurança para sua reserva de emergência

Quem deseja começar a investir dinheiro precisa ficar atento a um cuidado essencial: ter uma reserva de emergência. Afinal, aplicar quantias em investimentos que têm prazo de vencimento maior pode deixá-lo sem dinheiro para eventuais imprevistos.

Por isso, montar uma reserva é o primeiro passo para a organização financeira. Como se trata de um dinheiro para emergências, ele deve estar em aplicações que tenham retiradas facilitadas, preferencialmente onde não haverá perda da rentabilidade sobre o período aplicado. Nesse caso, a poupança e os depósitos a prazo são excelentes oportunidades.

Colocar uma reserva desse tipo em ações ou outros investimentos de renda variável, por exemplo, é arriscado. Ao precisar utilizar o dinheiro no futuro, há o risco de o investidor ter perdas sobre os rendimentos e, em alguns casos, sobre o capital investido.

Por isso, a reserva de emergência pode ser alocada em renda fixa, uma opção segura e com liquidez — ou seja, da qual você possa resgatar seu dinheiro a qualquer momento.

2. Liquidez para os planos de curto prazo

Quando falamos em liquidez, tratamos de investimentos que possibilitam retiradas facilitadas sempre que necessário.

E não é só em momentos de emergência que precisamos de liquidez e segurança. Seus planos de curto prazo também necessitam dessa liberdade, como uma viagem ou outro objetivo maior.

O mais aconselhável é que esses objetivos sejam direcionados a produtos mais seguros. Assim, você tem uma expectativa mais estável de que poderá sacar o dinheiro sem perdas no momento de realizar sua meta.

3. Estabilidade nos rendimentos

Existem produtos de investimento com mais e com menos variação de rentabilidade. A renda fixa possui menos variações em relação a outros produtos – como as ações – ou, então, outros fundos de investimentos com ativos de renda variável.

E algumas pessoas perdem o interesse pela renda fixa quando a taxa de juros está mais baixa, pois esse é o índice que faz esse produto oscilar.

Então, de fato, quem busca rentabilidades maiores pode se frustrar com as possibilidades da renda fixa. Entretanto, é importante lembrar que somente nessa modalidade há uma estabilidade maior em relação aos rendimentos — o que pode facilitar sua organização financeira.

Na renda variável existe mais instabilidade. Os rendimentos podem ser maiores, mas também há maior volatilidade e risco. Por esse motivo, fala-se muito na diversificação dos investimentos. Na prática, significa ter dinheiro em produtos de baixo, médio e alto risco – esse último, no caso dos investidores mais arrojados.

4. Tranquilidade financeira em relação aos riscos

Até aqui, você está vendo que quem procura por segurança, liquidez e estabilidade não deve deixar de considerar a renda fixa. Mesmo com a diminuição da taxa de juros, essas aplicações apresentam diversas vantagens.

Um dos principais benefícios das aplicações de renda fixa é exatamente o menor risco. Por isso, costumam ser a escolha dos investidores conservadores — que têm menor abertura para fazer investimentos mais arrojados.

Correr riscos pode tirar a tranquilidade financeira, especialmente se você não tem perfil para isso. Investidores moderados e arrojados já conseguem lidar melhor com ativos mais arriscados. E até esses investidores possuem parte dos investimentos em produtos de renda fixa.

Afinal, qualquer pessoa, por mais que tenha apetite ao risco, precisa alocar patrimônio em reserva de emergência ou planos de curto prazo. E, como você viu, aplicações de renda fixa servem bem a objetivos assim, pois agregam mais segurança e estabilidade à sua carteira.

Depois de ler este post, você viu que vale a pena investir em renda fixa. Quem precisa de investimentos seguros deve ficar atento para não se comprometer com riscos maiores aos quais está disposto. Então conheça todas as possibilidades e equilibre suas escolhas!

Nós possuímos um portfólio amplo de produtos de Renda Fixa. Para conhecê-lo, CLIQUE AQUI.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem