Banner 1

 


O volume de serviços do Rio Grande do Norte cresceu 6,7% em setembro, o que representa a quarta maior variação positiva do Brasil, atrás apenas do Piauí (11,9%), Mato Grosso do Sul (9,1%) e Roraima (8,4%). As demais unidades da federação também apresentaram crescimento do volume de serviços em setembro, com exceção apenas do Rio de Janeiro (-0,5%) e do Tocantins (0,0%), o que resultou em alta de 1,8% no índice de volume de vendas do Brasil, a quarta consecutiva. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do IBGE.

Na comparação com setembro de 2019, em contrapartida, o volume de serviços do Rio Grande do Norte teve uma queda de 13,2%, a quinta maior do Brasil, à frente somente de quatro outros estados do Nordeste que tiveram as maiores reduções do país nessa análise: Pernambuco (-15,6%), Bahia (-16,7%), Alagoas (- 17,5%) e Sergipe (-18,4%).

No acumulado de janeiro a setembro, o Rio Grande do Norte teve a terceira maior perda de volume de vendas de serviços entre as UFs, 17%. No período, houve diminuição do volume de serviços em 26 das 27 unidades da federação. Rondônia foi a única UF a apresentar crescimento (3,4) e os estados da Bahia (-18,4) e Alagoas (- 19,4) acumularam as maiores perdas.



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem