Banner 1

 

Dados obtidos pelo DE FATO junto a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) apontam redução expressiva no número de óbitos e de crescimento de casos confirmados pelo novo coronavírus em outubro em relação a setembro em Mossoró. Os dados são referentes até o dia 30 do mês passado.

De acordo com levantamento, a Capital do Oeste havia somado somente duas mortes em decorrência da Covid-19 até a última sexta-feira, 30, contra oito falecimentos no mês anterior. A queda foi de 300%.

Pelo balanço, junho foi o mês com o maior número de óbitos na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte. Ao todo, o sexto mês do ano registrou 63 mortes pela doença. Julho vem logo em seguida com 57. Maio registrou 48 falecimentos e agosto 38. Os quatro meses juntos somam 206 mortes, o que representava aquela altura 88% dos óbitos registrados no município desde o início da pandemia em março. Abril contabiliza 14 mortes e março somente duas.

Atualmente, os indicadores mostram que a realidade de outubro vivenciou está igual ao período que a pandemia começou na cidade, no mês de março, com fortes indícios que não vai haverá uma segunda onda da pandemia na cidade. A Capital do Oeste passou 17 dias seguidos sem registrar nenhum óbito em outubro. As duas únicas ocorreram nos dias 02 e 14.

NOVEMBRO

A 233ª morte provocada pela Covid-19 em Mossoró ocorreu justamente no primeiro dia de novembro. Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Saúde, a vítima é uma mulher de 66 anos. A idosa testou positivo para a doença e morreu no último domingo, 1º.

CASOS

Se o número de óbitos teve uma queda em outubro, o de casos confirmados subiu quase 30% no mês passado. De acordo com o balanço da Secretaria Estadual de Saúde, Mossoró registrou entre o dia 1º e 30 de outubro o total de 673 infectados contra 522 no mês de setembro. A redução foi de 28,72%.

A cidade tinha registrado queda de pouco mais de 91% de casos confirmados em relação a agosto. O oitavo mês de 2020 contabilizou 1.000 casos da doença. Julho, junho e maio, nesta ordem, são os meses recordistas de infecções confirmadas pela Covid-19. O primeiro somou 1.897, o segundo 1.838 e o terceiro 1.505 casos. Abril teve 331 e março 106 casos confirmados.

Os três primeiros casos confirmados no município foram no dia 3 de março.  O fato ocorreu antes mesmo da Organização Mundial de Saúde (OMS) declarar pandemia mundial, no dia 11 do mesmo mês.

NÚMEROS ATUALIZADOS

O último boletim epidemiológico apontava que Mossoró acumulava 233 óbitos e 8.061 casos confirmados do novo coronavírus. O documento nº 207 foi divulgado pelo Sesap na última segunda-feira, 2.

De acordo com o balanço, o município contabilizava 4.436 casos suspeitos e 15.311 casos descartados. Havia ainda 21 mortes em investigação e outras 80 já descartadas para a Covid-19. Mossoró tem 1.237 pessoas curadas.

O boletim epidemiológico nº 208, com dados atualizados de Mossoró, ainda não havia sido divulgado até o fechamento desta edição.

RN registra queda de 71% no número de mortes e 55% de casos em outubro

Ainda de acordo com o levantamento da Sesap e obtido pelo DE FATO, o Rio Grande do Norte registrou queda no número de mortes e de casos confirmados em outubro em relação ao mês anterior.

O estado somava até o dia 30 do mês passado contabiliza 77 óbitos contra 132 de setembro. A redução foi de 71% em relação ao mês anterior.

Os meses de junho e julho foram os que mais registraram falecimentos pela doença. O sexto mês somou 851 óbitos. Já o mês seguinte registrou 755 vítimas da Covid-19. Maio com 366 e agosto com 317 vem logo em seguida. Abril teve registro de 59 mortes e março, início da pandemia, teve cinco mortes ocasionadas pelo vírus.

CASOS CONFIRMADOS

O Rio Grande do Norte teve redução de 55% nos casos confirmados em outubro em relação a setembro. O décimo mês do ano acumulou 5.041 casos ante 7.837 no mês anterior.

Pelo quarto mês seguido houve queda nas infecções pela Covid-19 no território potiguar. Em agosto foram 10.839 pessoas que testaram positivo para a doença. Em julho esse número era de 16.906 casos confirmados e em junho, mês com o maior número de casos, com 22.700. Maio teve 14.971. Já abril fechou com 2.326 e março com 459.

ATUALIZAÇÃO

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) atualizou na tarde desta terça-feira, 3, os dados sobre o novo coronavírus no Rio Grande do Norte e confirmou um óbito nas últimas 24 horas anteriores ao anúncio. Com isso, o estado contabiliza 2.583 mortes pela Covid-19.

O RN tem ainda 81.557 casos confirmados, 33.274 casos suspeitos e 193.032 casos descartados. Ainda de acordo com a pasta estadual, são 363 mortes em investigação e outras 663 já descartadas para a doença.

Jornal De Fato


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem