Banner 1

 


O Jornalista Cezar Alves, do Portal Mossoró Hoje, conversou nesta quinta-feira (5) com a secretária de saúde de Mossoró, Saudade Azevedo, sobre o início das atividades do Centro Especializado em Reabilitação (CER 4) Benomia Maria Rebouças.

As obras da unidades já estão quase 100% concluídas. O Centro, localizado no bairro Santo Antônio e o primeiro a ser instalado no Rio Grande do Norte, vai atender a população que necessita de reabilitação motora, auditiva, intelectual e visual da cidade e de parte das regiões Oeste e Alto Oeste do Estado.

Segundo informou Saudade Azevedo, a previsão para abertura do local é para o mês de dezembro deste ano, estando aguardando apenas a chegada de equipamentos e mobiliários para iniciar as atividades.

“A gente tem R$ 2 milhões reservados para a compra disso. A primeira licitação já aconteceu, a gente já está pedindo esses equipamentos, mas vai ter uma nova licitação agora no dia 27 de novembro. Então a gente acredita que até o final de dezembro esse equipamento será entregue à população, não só de Mossoró, mas de uma parte da região Oeste e da região Alto Oeste. É um equipamento extremamente necessário, que vai ser 70, 80% custeado pelo município de Mossoró”, explicou a secretária.

Para Saudade, o Centro de Reabilitação será um local de inclusão, onde as pessoas serão tratadas e reabilitadas para serem reinseridas na sociedade.

O investimento utilizado para a obra girou em torno de R$ 14 milhões e a secretária lembra que é uma obra para a população e que é preciso que todos tenham zelo e que cuidem do equipamento.

“Esse equipamento a gente entrega a população, então a população precisa cuidar. Nada mais democrático em um cidade que um equipamento de saúde, né verdade? então como espaço democrático de todos, a gente pede que a população cuide, zele, porque isso é de vocês”, disse.

Saudade ainda lembrou, durante a entrevista, do Consultório Familiar que entrou em funcionamento, que entrou em funcionamento no dia 17 de outubro, no Hospital Maternidade Almeida Castro.

Inédita no Brasil, a proposta é oferecer serviços de ginecologia e obstetrícia, nutrição, fisioterapia, odontologia, enfermagem, assistência social em parceria com a UFERSA, UERN e a Secretaria Municipal de Saúde, além servir como campo de estágio para estudantes da área da saúde e afins.

Mossoró Hoje



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem