BANNER 1

 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teve alta do Hospital Walter Reed, em Washington, após três dias internado ao testar positivo para a Covid-19.

Trump seguirá em tratamento na Casa Branca. Ele deixou o hospital andando e usando máscara de proteção individual e foi transportado por helicóptero de volta à sede do governo americano.

O presidente dos EUA está sendo tratado com doses dos medicamentos Remdesivir e dexametasona, que têm eficácia comprovada para casos graves da Covid-19.

Donald Trump foi internado no Hospital Walter Reed na sexta-feira (2), horas depois de confirmar o resultado positivo para o novo coronavírus e após sentir febre.

Durante a sua internação, o presidente dos EUA chegou a receber oxigênio suplementar duas vezes.

‘Não está fora de perigo’

A equipe médica que atende Trump concorda com a alta, mas pondera que “ele não está totalmente fora de perigo ainda”.

“Apesar de ele não estar completamente fora de perigo ainda, a equipe e eu concordamos que todas as avaliações, e mais importante, seu estado clínico, apoiam sua volta para casa de maneira segura”, disse o médico Sean Conley.

Trump continuará o tratamento para a Covid-19 na Casa Branca, onde segue recebendo doses dos medicamentos Remdesivir e dexametasona, que têm eficácia comprovada em casos graves da doença.

O grupo de médicos disse que o presidente não tem nenhuma reclamação em relação a seu sistema respiratório e que não sente febre há 72 horas.

Debate

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, planeja participar do próximo debate presidencial agendado para o dia 15 de outubro, disse o diretor de comunicações da campanha, Tim Murtaugh, à CNN.

Questionado pela CNN sobre os planos de debate, Murtaugh disse: “É intenção do presidente debater”.

Campanha

A internação de Trump a apenas um mês das eleições presidenciais norte-americanas do dia 3 de novembro.

Pesquisa Reuters / Ipsos divulgada neste domingo (4) mostrou que, após o diagnóstico do atual presidente, o candidato da oposição, o ex-vice-presidente democrata Joe Biden, ampliou a sua vantagem para 10 pontos percentuais.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem