BANNER 1

 


Na noite de domingo (4) um Policial Militar foi salvo pelo colete à prova de balas que usava durante uma abordagem que terminou com uma troca de tiros entre PMs e criminosos, em Areia Branca.

De acordo com informações do Capitão Júlio Cesar, comandante da companhia da PM no município, por volta das 23h30 o Grupo Tático Operacional (GTO) foi acionado pelo Copom sobre uma denúncia que dois homens estariam exibindo armas na região das Pedrinhas.

A viatura se dirigiu ao local e, no caminho, se deparou com a dupla, em um motocicleta, seguindo no sentido contrário. Os policiais efetuaram a abordagem e ao descerem da viatura, os suspeitos começaram a atirar contra eles.

Um dos policiais, que não teve o nome divulgado, foi atingido por quatro disparos. Por estar usando colete à prova de balas, apenas um dos projéteis conseguiu transfixar, ferindo de leve o policial. Ele passa bem.

Os PMs revidaram a agressão e, na troca de tiros, balearam os dois suspeitos. Conhecidos como Augusto e Sulim, ambos também foram socorridos para o hospital, mas não resistiram aos ferimentos.

Está cada vez mais recorrentes os casos onde policiais são recebidos a tiros por criminosos e precisam revidar. Por sorte, nesta ocasião, o colete conseguiu cumprir o papel para o qual é destinado e evitou uma tragédia para o policial militar.

Mossoró Hoje


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem