Banner 1

 

O Sistema Fecomércio no Rio Grande do Norte anunciou, na terça-feira (1º), que está realizando o desligamento de 120 colaboradores do sistema, que inclui a Fecomércio, Sesc e Senac.

O anúncio foi feito por meio de um comunicado direcionado aos próprios colaboradores. De acordo com o mesmo, os desligamentos são motivados pela crise causada pela pandemia da Covid-19 e pela lenta recuperação da economia.

“Infelizmente, precisamos adotar novas medidas para a preservação do equilíbrio das instituições que compõem o Sistema Comércio no Rio Grande do Norte”, diz o comunicado.

Explica que desde março, quando foi decretado o isolamento no Estado, o Sistema vem tomando providência para diminuir os impactos da crise e garantir a segurança dos colaboradores.

Diz ainda que, apesar da permissão para redução da carga horária de trabalho e salários, autorizadas pelo governo federal desde o mês de abril, o Sistema postergou adesão ao novo modelo, adotando-o apenas no mês de maio, quando iniciou o desligamento de parte dos colaboradores.

“Mesmo com a adoção responsável das medidas protetivas relatadas acima, sempre com foco na proteção dos empregos e na sustentabilidade das instituições, o cenário econômico permanece grave, com indicadores negativos, entre eles: a queda da receita própria e a iminente manutenção da redução da arrecadação compulsória”.

A nota ainda diz que aos trabalhadores desligados nesta terça-feira (1º) o Sistema está oferecendo alguns benefícios, como a manutenção do plano de saúde do titular e colaboradores por até dois anos, a manutenção de bolsas de estudo que estejam em andamento e descontos em cursos que possam ajudar no retorno ao mercado de trabalho.



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem