BANNER 1


Pesquisa publicada pela Prefeitura de Mossoró na segunda-feira, 14, aponta que oito em cada 10 pais preferem não enviar os filhos para a escola. A Secretaria Municipal de Educação realizou o questionário com os pais para conhecer a opinião das famílias em relação a uma possível retomada das atividades presenciais. As aulas na rede municipal de ensino estão suspensas desde março por conta da pandemia do novo coronavírus.

Segundo a pesquisa, 6.143 pais, o que corresponde a 81%, responderam que não enviariam seus filhos para a escola neste período de pandemia. Outros 1.091 disseram que enviariam os filhos para a escola. O percentual equivale a 14% dos entrevistados. Cerca de 4% dos que responderam ao questionamento, ou 336 pais, não se posicionaram pela volta ou não das aulas presenciais no município.

De acordo com a comunicação da PMM, o levantamento foi realizado há duas semanas. A pesquisa foi feita de forma remota. Mais de 7.500 pais responderam aos questionamentos sobre a possibilidade de retorno das aulas presenciais.

O retorno das atividades presenciais nas unidades da Rede Municipal de Ensino continua suspenso por tempo indeterminado. A medida tomada pelo executivo mossoroense é para evitar a contaminação pela Covid-19 no ambiente escolar, oferecendo segurança sanitária para alunos, professores e demais funcionários.

AULAS REMOTAS

A pesquisa também questionou aos pais se os filhos estão conseguindo acompanhar as aulas remotas. De acordo com o levantamento, 5.342 pais responderam que os filhos estão conseguindo acompanhar as aulas de forma remota neste período. O número equivale a 71% dos entrevistados pelo questionário.

Outros 1.332 pais disseram que os filhos acompanham parcialmente, o que corresponde a 18% dos questionários respondidos. Apenas 7% relataram que os filhos não têm acompanhado as aulas remotas. O percentual equivale a 553 respostas.

A pesquisa apontou ainda que 342 pais não responderam se os filhos estão acompanhando as aulas remotas. O número corresponde a 5% dos questionários.

Rede pública de ensino estadual só retomará aulas presenciais em 2021

A governadora Fátima Bezerra anunciou na semana passada que as aulas presenciais na rede pública estadual de ensino só retornarão em 2021. A medida é em função da continuidade da pandemia do novo coronavírus.

A chefe do executivo potiguar tomou a decisão por meio de posição do Comitê Científico de Especialistas que orienta a gestão estadual no enfrentamento à pandemia, citou também a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a opinião expressa pela população em recente pesquisa do Ibope que atesta que mais de 70% dos brasileiros querem a volta das aulas presenciais só após a disponibilidade de vacina, e enquetes feitas pela Secretaria Estadual de Educação e veículo de comunicação.

“Diante destes fatos e considerações informo que as atividades presenciais da Educação no RN só serão retomadas em 2021. Isto estará normatizado no próximo decreto que vamos publicar nos próximos dias para a rede de educação pública do Estado”, afirmou a chefe do Executivo à ocasião.

O secretário estadual de Educação, Getúlio Marques, afirmou que o ano letivo de 2020 não estava perdido. A rede pública mantém atividades não presenciais, por meio virtual, televisivo e escrito.

NÚMEROS DA PESQUISA:


VOLTA DAS AULAS

• SIM, ENVIARIA OS FILHOS – 1.090 RESPOSTAS – 14%

• NÃO ENVIARIA OS FILHOS – 6.143 RESPOTAS – 81%

• BRANCO – 336 – 4%


AULAS REMOTAS

• SIM – 5.342 RESPOSTAS – 71%

• NÃO – 553 RESPOSTAS – 7%

• PARCIALMENTE – 1.332 RESPOSTAS – 18%

• BRANCO – 342 RESPOSTAS – 5%


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem