BANNER 1

 

Apesar do volume enorme de recursos enviados pelo Governo Federal nos últimos meses para reforçar o atendimento à população, em especial com relação a Pandemia, o material de trabalho dos postos de saúde e UBS, que funcionam, foram comprados pelos servidores.

É o caso da UBS do bairro Ilha de Santa Luzia, que assim como as demais unidades de saúde do município, sofre com ação dos assaltantes. Na madrugada de quinta-feira, 13, a unidades da Ilha de Santa Luzia foi novamente arrombada e roubada.

A informação foi relatada em Boletim de Ocorrência na Delegacia de Plantão e confirmado pela técnica de enfermagem Rita de Cássia que presta serviços na unidade, em reportagem gravada pela TV Cidade Oeste e levada ao ar no programa de Carlos Cavalcante.

Ela contou que os ladrões levaram celular, impressora, fogão elétrico, entre outros objetos de valor da UBS, que haviam sido comprados pelos próprios servidores fazendo rifas e, assim, melhorar o atendimento SUS a população da comunidade de Ilha de Santa Luzia.

Rita de Cássia, inclusive, pede, através da reportagem da TV Cidade Oeste, a presença de guardas municipais nas UBS, que segundo ela, estão sendo assaltadas diariamente. Ela disse que teme ir trabalhar e os moradores de ir a UBS.

Mossoró Hoje


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem