BANNER 1

 

Aniversariante do dia, Gabigol reencontrou a Vila Belmiro e o Santos, e não perdoou. Foi dele o gol da vitória por 1 a 0 do Flamengo neste domingo, numa partida movimentada, em que a equipe da casa teve dois gols anulados pelo VAR nos primeiros 15 minutos de jogo. Foi o primeiro triunfo rubro-negro no estádio desde 2011.

O Santos começou a partida de forma avassaladora e marcou duas vezes. Em ambas, porém, o VAR anulou os gols. Primeiro, um impedimento de Raniel após cruzamento de Pará. Depois, impedimento de Jobson - a arbitragem entendeu que o volante interferiu no lance, mesmo sem tocar na bola - em cobrança de falta de Marinho. Houve reclamação da parte do Peixe.

A tarde de Gabigol foi movimentada. Ele fez o gol da vitória contra o ex-time, homenageou o ator Chadwick Boseman, protagonista do filme "Pantera Negra", morto na sexta-feira, e tomou cartão amarelo após provocar Marinho. No segundo tempo, perdeu duas ótimas oportunidades e saiu machucado, com dor no tornozelo. O goleiro Diego Alves também saiu lesionado, após sentir o ombro.

FLAMENGO DECIDE NO CONTRA-ATAQUE

Após uma semana de treinos, Dome fez seis mudanças no time do Flamengo para a partida. O começo foi ruim, com o Santos pressionando e criando boas chances com Marinho. Aos poucos, o time melhorou, mas apostou mais nos contra-ataques do que numa estratégia de controle. No fim, deu certo, em bela jogada de Michael e Gabigol. No segundo tempo, o Flamengo melhorou, passou menos sustos e desperdiçou várias chances de ampliar o placar. O Santos, desorganizado, chegou algumas vezes, mas insuficiente para buscar o empate.

A TABELA

O Flamengo passou para a nona posição, com oito pontos. O Santos é o 10º colocado, com sete pontos.

O QUE VEM POR AÍ

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira. O Santos recebe o Vasco na Vila Belmiro às 21h30 (de Brasília), enquanto o Flamengo visita o Bahia no Pituaçu às 20h30.

Globoesorte


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem