BANNER 1


 Um ataque a tiros ocorrido na noite de terça-feira, 25 de agosto de 2020, deixou uma adolescente de 15 anos de idade morta e um jovem de 18 anos ferido. De acordo com a Polícia Militar, a ação criminosa aconteceu no Conjunto Malvinas, bairro Dom Jaime Câmara em Mossoró.

As informações repassadas pela Polícia Militar até o momento são de que o casal, supostamente namorados, trafegava em uma moto, quando um carro se aproximou e um dos ocupantes passou a atirar em direção aos dois. Carla Eloysa, de 15 anos, foi atingida com um tiro na região do tórax e socorrida por populares para o Hospital Tarcísio Maia, porém não resistiu.

Já o jovem Alan Barbosa Viana, de 19 anos, foi alvejado com dois tiros nas costas. Ele foi socorrido por populares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alto São Manoel e depois transferido pelo SAMU para o HRTM. Aparentemente ele não corre risco de morrer.

A Polícia não sabe qual teria sido a motivação do atentado, mas informou que Allan Barbosa Viana tem antecedentes criminais. Ele foi preso com quase meio quilo de maconha, em outubro de 2019, durante uma abordagem da PM no Dom Jaime Câmara. 

Na segunda ocorrência Lucas Tulio Alexandre Barbosa, conhecido como "Dimenor", que morava na Rua Luíza Avelino de Souza, no Conjunto Maria Odete Rosado, teve morte confirmada pelo Hospital Tarcísio Maia, por volta das 23h00 de terça-feira.

O jovem tinha sido baleado na cabeça na tarde de terça-feira, na Rua José Alves de Moura, no Bairro Sumaré. Segundo in formações da Polícia Militar, ele caminhava em via pública, quando foi surpreendido por elementos que ocupavam um veículo Celta de cor preta, que se aproximaram e efetuaram vários tiros contra a vítima.

Depois de receber os primeiros atendimentos no local, pela equipe do SAMU, Lucas foi encaminhado ao hospital Tarcísio Maia, mas acabou não resistindo a gravidade dos ferimentos. Até o momento não há informações sobre a motivação do crime. A Polícia informou que ele teve um irmão assassinado no ano de 2016, na mesma região do Sumaré.

O corpo de Lucas Túlio Barbosa Neto vai ser removido do necrotério do HRTM e encaminhado por um carro funerário para o Instituto Médico legal do ITEP onde será examinado e depois liberado para os familiares. A investigação do crime ficará a cargo da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM).

Já são 113 assassinatos em Mossoró em 2020.

Com informações do Blog Fim da Linha


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem