BANNER 1


O Sindicato das trabalhadoras e trabalhadores da saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde/RN) está denunciando que os profissionais da categoria estão recebendo alimentação insuficiente nas unidades de saúde.

Segundo o Sindsaúde/RN, no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, "estão servindo pão com suco no jantar. No Walfredo Gurgel e no João Machado, a comida está sendo racionada. Além da pouca quantidade, faltam itens básicos, como feijão, e a refeição é mal preparada".

O sindicato afirma que a saúde é uma das categorias mais prejudicadas nesta pandemia de Covid-19. "Trabalhem sem EPIs suficientes e adequados, com unidades caindo aos pedaços e sem insumos. Para piorar, estão com duas folhas salariais atrasadas", detalhou a entidade, em tom de desabafo.

O Sindsaúde/RN destacou ainda que devido ao alto grau de exposição, há um grande número de profissionais contaminados e afastados; e que, mesmo pertencendo ao grupo de risco, muitos continuam trabalhando para não perder a remuneração. O sindicato cobra melhorias para a categoria e defende o isolamento social rígido, sem reabertura do comércio.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem