Banner 1


Os potiguares tiraram as cobertas e casacos do armário nos últimos dias, por causa de temperaturas entre 19,5°C e 28°C durante o mês de julho, segundo dados da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn). O clima ameno é reflexo da estação climática do inverno, iniciada no dia 21 de junho.

Para o mês de agosto, segundo a Emparn, a temperatura vai variar entre 20°C e 30°C. Para Natal, segundo as estimativas meteorológicas, o clima vai ficar com mínima de 22°C e máxima de 30°C durante o final de semana.

“O inverno deste ano acontecerá sob a influência do Fenômeno La Niña. Isto é, as águas no oceano Pacífico Equatorial estarão mais frias do que o normal durante os próximos meses. Essa condição altera um pouco as condições climáticas sobre o Nordeste Brasileiro, induzindo uma tendência de uma estação com temperaturas um pouco abaixo do normal, devido à facilidade na circulação do vento e da predominância de dias nublados com chuva”, explicou Gilmar Bristot, chefe da meteorologia da Emparn.

Ele explica ainda que a condição do oceano Atlântico Sul também influenciará nas características do inverno no Nordeste. Isso porque o Sistema de Alta Pressão do Atlântico Sul está próximo da América do Sul e de forma mais intensa, com as águas superficiais deste oceano um pouco mais quentes do que o normal próximo da costa do Nordeste.

“Desta forma, com ventos atuando na costa do Estado, ora de sudeste, ora de leste, e com mais umidade, as condições para ocorrência de chuvas no Leste e Agreste do Estado devem aumentar”, disse.

Agora RN


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem