BANNER 1


Dados disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelam o total do eleitorado mossoroense apto a votar no pleito de 15 de novembro. De acordo com os números, contabilizados até 30 de junho, são 175.929 pessoas que poderão ir às urnas escolher o próximo prefeito da cidade e os 21 vereadores que compõem a Câmara Municipal. Em relação às eleições 2016, houve um incremento de 8.809 novos eleitores, representando um acréscimo de 5,2%. Na eleição ocorrida em 2018, Mossoró tinha 174.189 eleitores.

Em entrevista ao JORNAL DE FATO, que será publicada na íntegra na edição deste domingo, 5, o chefe de cartório da 34ª zona eleitoral de Mossoró, Márcio de Oliveira, revelou que os dados mais atualizados apontam para 175.932 eleitores. Ele explicou que pequenas mudanças ainda podem ocorrer, em virtude, por exemplo, de falecimentos, ou outros motivos, mas que o universo de aproximadamente 176 mil eleitores está consolidado.

Segundo dados do Cadastro Eleitoral, a maior parte do eleitorado mossoroense pertence ao gênero feminino. Ao todo, conforme o balanço até o mês de junho, são 94.265 eleitoras. O número representa 53,6% do total de votantes. Já o gênero masculino reúne 81.660 cidadãos, ou 46,4% do eleitorado.

De acordo com as estatísticas da Justiça Eleitoral, a faixa etária com o maior quantitativo de eleitores no município é a que reúne cidadãos entre 45 e 59 anos de idade. Eles somam 44.745 mossoroenses. O número corresponde a 25,4% do eleitorado. A faixa entre 25 a 34 anos de idade vem logo em seguida, com 22,2%, ou 39.109 eleitores. Os jovens de 16 e 17 anos, cujo voto é opcional, representam 0,85% do eleitorado em 2020 na cidade. São 424 eleitores com 16 anos e 1.079 com 17 anos.

Já os eleitores acima de 70 anos, cujo voto também é facultativo, somam 13.679 pessoas, assim distribuídas: 70 a 79 anos (9.281 ou 5,2%) e acima de 79 anos (4.398 ou 2,5%). O número de cidadãos que serão identificados por biometria em Mossoró na próxima eleição será de 174.089 eleitores; A medida visa prevenir fraudes e tornar as eleições brasileiras ainda mais seguras, impedindo que um eleitor tente se passar por outro no momento do voto. O quantitativo de eleitores sem identificação digital no município nas eleições deste ano é de 1.840. Ainda não está definido se os eleitores irão utilizar o sistema de biometria no pleito deste ano, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Escolaridade

Dados referentes ao nível de instrução mostram que a maior parte do eleitorado mossoroense com registro na Justiça Eleitoral possui Ensino Médio Completo. São 51. 272 eleitores que declararam ter essa escolaridade. O número corresponde a quase 30% dos votantes (29,4%). Outros 38.032 eleitores, ou 21,6%, disseram ter o Ensino Fundamental Incompleto. Já 20.281 declararam ter concluído o Ensino Superior. O número equivale a 11,5% do eleitorado, segundo a base de dados do Cadastro Eleitoral.

O TSE afirma que essas estatísticas, no entanto, precisam ser vistas com relatividade, uma vez que a informação reflete a escolaridade declarada pelo cidadão no momento do registro eleitoral ou da atualização de seus dados cadastrais.

As informações são oriundas do Cadastro Eleitoral, banco de dados oficial sobre o eleitorado brasileiro, e referem-se às estatísticas auditadas até o final de junho após o fechamento do cadastro, no dia 4 de maio. Todos os dados podem ser consultados na página de Estatísticas do site do TSE.

Jornal De Fato


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem