Banner 1


Morreu por volta das 14h50 desta segunda-feira (27) o economista e professor, Carlos Escóssia. Ele lutava contra um câncer no fígado há cerca de 6 meses.

Leia também

Muita força ao amigo Carlos Escóssia

Segundo informações de amigos próximos, o economista faleceu em casa, onde passou seus últimos dias na companhia dos quatro filhos.

Figura conhecida e respeitada em Mossoró, Escóssia era professor aposentado da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Foi chefe de departamento da instituição e também lecionou na Esam (atual Ufersa).

Natural de Mossoró, Carlos Escóssia era filho do ex-prefeito do município, também já falecido, João Newton da Escóssia. Ele completaria 68 anos nesta terça-feira (28).

Por meio de uma nota, a UERN lamentou a morte do professor aposentado e disse que ele era um dos "baluartes do curso de economia", ao qual se dedicou por 29 anos.

Leia a nota na íntegra abaixo

Nota de Pesar

É com profundo pesar que a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) registra o falecimento do professor Carlos Escóssia que entre 1º de outubro de 1987 e 9 de novembro de 2016 dedicou sua vida a lecionar na Faculdade de Ciências Econômicas onde ocupou de forma temporária o cargo de diretor em 2014. 

Carlos era um dos baluartes do curso de economia organizando vários eventos.

O velório do corpo de Carlos Escóssia será em sua própria residência, localizada no Bairro Doze anos, a partir das 17h. O sepultamento está previsto para amanhã em horário a definir.

Ele tinha 68 anos, era divorciado e deixa quatro filhos".


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem