Banner 1


A cidade de Mossoró, localizada na região Oeste do Rio Grande do Norte, registrou no final da tarde de quinta-feira, 02 de julho de 2020, mais um homicídio provocado por disparos de arma de fogo, o primeiro do mês e o 97º do ano.

O crime aconteceu por volta das 17h50 na Praça denominada de Farach, no Conjunto Santa Delmira. A vítima identificada como Francisco Carlos Correia, conhecido como "Carlão da Sucam", de 63 anos da de idade, foi morto com quatro tiros de pistola 380 sendo um na cabeça e dois da região do tórax

Populares informaram para a Polícia que a vítima costumava sair de casa sempre nos fins de tarde para comprar pão em uma padaria naquela localidade. Na quinta, quando saiu, foi surpreendido pelos atiradores que estavam de moto e efetuaram os disparos.

Uma equipe de Suporte Avançado do SAMU ainda chegou a ir ao local para atendimento à vítima, mas nada pode fazer pois Francisco Carlos já estava morto.

Até o momento não há informações sobre motivação e autoria do crime. Segundo a polícia Carlão, que morava na Rua Nossa Senhora de Fátima no Santa Delmira, era bastante conhecido no bairro e não tinha inimizade.

Em junho de 2018 um filho de Carlão, identificado como Helano Camilo Correia de Morais, morreu em confronto com a PM no município de Governador Dix Sept Rosado e em agosto de 2019, um genro de Carlão, Pedro Francisco de Oliveira Neto, Pedrinho da Academia, foi assassinado no Bairro Aeroporto. O delegado de plantão Roberto Moura, disse que a Polícia Civil não confirma que a morte de Carlão está relacionada com os crimes desses seus familiares, mas tudo isso será investigado.

Após o trabalho da perícia criminal no local do crime, o corpo de Francisco Carlos Correia foi recolhido e encaminhado para exames de necropsia no Instituto de Medicina Legal do ITEP e depois será liberado para a família.

Fim da Linha


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem