Banner 1


O Governo do RN, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf) e da Controladoria Geral do Estado (Control), numa parceria com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), está doando 500 cestas básicas para quatro instituições de Natal, Mossoró e Baía Formosa. As entregas iniciaram na sexta-feira (17), pelo município de Mossoró, e foram concluídas no sábado (18).

“Por meio do programa RN+Unido, o Governo do Estado está participando dessa iniciativa, que é parte de uma série de ações que o MST vem fazendo no sentido de exercer a solidariedade nesse momento de pandemia. Ao todo, são quatro toneladas de alimentos sendo doados. Tanto o Estado quanto o MST estão doando duas toneladas de alimentos para compor as cestas que serão distribuídas para famílias urbanas que estão em situação de vulnerabilidade social.”, destacou o titular da Sedraf, Alexandre Lima. De acordo com o secretário, o MST vem realizando a ação em vários estados do Brasil e aqui firmou parceria com o Governo do RN.

As cestas são compostas por batata doce, macaxeira, banana, farinha de mandioca e coco, doados pelo MST, e também por açúcar, flocão de milho, macarrão, arroz, feijão e sal, oriundos do Programa RN+Unido. Os alimentos doados pelo movimento social foram cultivados por agricultores familiares dos assentamentos Rosário e Leonardo Silva, de Ceará-Mirim, e do assentamento Paraíso, em São Miguel do Gostoso.

Os beneficiários da ação são o Centro Feminista 8 de março (110 cestas), de Mossoró; Associação dos Potiguaras de Sagi (83 cestas), em Baía Formosa; e o Sindicato dos Bugueiros Profissionais do RN(100 cestas) e a Associação dos Melhores Amigos do Bairro Nossa Senhora da Apresentação (217 cestas), em Natal.

 “Para nós a vida é mais importante que tudo. Um dos princípios do movimento é de cuidar um do outro. Estamos doando o que temos para que outros tenham também”, concluiu Hidelbrando Andrade, membro da direção do MST no RN.

RN+Unido 

O programa RN+Unido é realizado em parceria com a Associação dos Supermercados do RN (Assurn), com apoio do Ministério Público Estadual e Cruz Vermelha. Tem o intuito de arrecadar alimentos e material de higiene pessoal às famílias em situação de vulnerabilidade social.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem