Banner 1


O comerciante Francisco Cesar de Oliveira, de 72 anos, que faleceu na manhã desta quinta-feira, 14, vítima de covid-19, em Mossoró, oeste do Rio Grande do Norte, pediu que o seu velório e sepultamento acontecesse ao som de Pássaro de Fogo, de Paula Fernandes.

A informação foi passada pela família ao jornalista Bruno Barreto, do Blog do Barreto. César Oliveira tem seu comércio em frente ao boxe de Salatiel Franco, dentro da Cobal, que descobriu que havia contraído o vírus e avisou aos amigos para se cuidarem.

César também testou positivo e terminou sendo internado e levado a UTI. Apesar dos esforços dos profissionais de saúde do Hospital de Campanha São Luiz, César Oliveira não resistiu. A família foi avisada do óbito no final da manhã desta quinta-feira.

Segundo boletim da Secretaria Municipal de Saúde, até o final da tarde desta quarta-feira, 13, haviam morrido 23 pessoas em Mossoró vítima da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Existem outros óbitos que aconteceram em Mossoró aguardando resultados de exames.

Até o final desta tarde, em todo o Rio Grande do Norte, haviam sido registrados 105 óbitos por covid-19 e haviam outros 48 casos sendo investigados pelos laboratórios. Também até o final da tarde de ontem haviam 282 pessoas internadas com sintomas da doença, sendo 115 em UTIs.

Sobre a morte do comerciante Francisco Cesar de Oliveira, a família não teve como fazer a homenagem, realizar o último desejo de ser velado e sepultado ao som da música Pássaro de Fogo, de Paula Fernandes. É que não se realiza velório em casos de covid-19.

Mossoró Hoje


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem