BANNER 1


Um motorista de aplicativo, ainda sem identificação, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (17) com marcas de tiros, as margens de uma lagoa, em uma Rua Por trás da Anatália de Melo Alves, no conhecido Beco de Salvador, no Bairro Paredões, em Mossoró.

Informações da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência e isolou o local do crime, são de que a vítima era motorista de aplicativo (Xofer) e teria se envolvido em uma ocorrência policial na madrugada de hoje e depois foi parar na delegacia de plantão da Polícia Civil.

De acordo com o sargento Sidney, sua VTR realizava patrulhamento na região dos Paredões, quando avistou um carro Gol de cor prata trafegando em atitude suspeita, com quatro ocupantes e quando tentou abordá-lo, o motorista evadiu-se em alta velocidade. Houve acompanhamento, mas a guarnição acabou perdendo o carro de vista.

Minutos depois o motorista foi visto nas imediações da escola Abel Coelho, no Bairro Nova Betânia, onde foi abordado pela Força Tática, mas o mesmo já estava sozinho. Após ser reconhecido pela guarnição do sargento Sidney, que foi ao local da abordagem, o motorista acabou confessando que teria deixado os outros que estavam no seu veículo em um motel.

As viaturas se dirigiam ao estabelecimento, onde encontraram quatro mulheres e três homens. Todos, incluindo o motorista de aplicativo, foram encaminhados à Delegacia de Plantão da Polícia Civil, onde foram ouvidos e liberados, uma vez que segundo o delegado Paulo Pereira não havia materialidade de crime.

Minutos após o encerramento da ocorrência na Delegacia de Plantão, já por volta das 05h30 a Polícia Militar foi acionada para uma ocorrência de disparos de arma de fogo na região da Rua Anatália de Melo, e depois de buscas os policiais localizaram o corpo do motorista de aplicativo, que estava as margens da lagoa. O veículo da vítima não foi encontrado até o momento.

O delegado de plantão Dr. Paulo Pereira esteve no local, acompanhando o trabalho da equipe do ITEP e falando com a imprensa, disse que acredita que a morte do motorista de aplicativo esteja relacionada com a ocorrência que foi parar na delegacia, ou seja, o delegado suspeita de que a vítima foi morta porque entregou para a PM os homens que estavam com ele.

Fim da Linha


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem