BANNER 1

É cada vez mais defendida pelos observadores da cena política local a tese de que existe um segredo muito forte para, até aqui, nenhum dos vereadores que compõem o chamado G7 - vitoriosíssimo na última eleição para a presidência da Câmara Municipal de Mossoró - tenham cedido aos encantos do poder, leia-se Palácio da Resistência. Principalmente por parte do sub-grupo tido como independente, denominado G4. Episódios como o que deixou o vereador Zé Peixeiro (PMDB) "meio sem jeito" ao atender ligações em plena sessão, cujas "orígens" são atribuídas ao chefe de gabinete Gustavo Rosado tentando demovê-lo da idéia da manutenção da união que colocou o governo em xeque na votação do orçamento, tende a ser nos próximos meses coisa de rotina. A novidade tem sido a recusa. Historicamente, um ou outro queda-se ante à tentação de cargos e outras vantagens. Daí que não se vai muito longe para ouvir afirmações a partir da calçada da câmara dando conta da existência de um segredo guardado a sete chaves, de extremo valor econômico e humano, que segura "os cabra". Cá de minha banda, prefiro acreditar na força da crença comum do G7 em um Legislativo independente, soberano e probo. Tenho dito!

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem