BANNER 1

Tá virando moda na cidade usar nomes e marcas famosas para promover eventos sem a devida autorização dos detentores das mesmas. Algo não recomendável e perigoso. Isto ficou patente em recente divulgação do pretenso interesse de uma importante rede de supermercados em permutar espaço do Nogueirão para abrigar uma de suas unidades comercias, como também,
no lançamento de evento festivo que reunirá várias bandas, à realizar-se no final do ano, denominado "trivela" ou "não sei o quê mix", que teve o nome de uma cervejaria coligada ao nome oficial do mesmo nas primeiras informações publicadas pela imprensa local e que já foi desautorizado pela direção da empresa. Aí pergunta-se: no que difere os casos citados daquele em que estavam usando o nome de uma entidade religiosa - em vão - para angariar recursos junto ao comércio local ( já devidamente descoberto, claro)? Hem?! Hem?!

Afiliada Globo para Mossoró.
Comenta-se nos quatro cantos da cidade que já teria sido liberada a concessão para implantação, por parte de um importante grupo político local, de uma afiliada rede Globo em Mossoró. A confirmar-se, além de azeitar as disputas por espaços na política, via detenção de canais de comunicação, a chegada de um investimento deste porte em um mercado em que, clientes/anunciantes estão sendo disputados "a tapas", tende a dar um novo formato a oferta de mídia e promete uma concorrência ainda mais acirrada, com um nível maior de exigência profissional. Ou seja, quem pensava que era, ainda sem ser, aí que já não é mais...

P.S.: A concessão da InterTV/Cabugi limita-se a região de Natal, estando até então em aberta a concessão para o restante do estado.

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem